...

sábado, 17 de junho de 2017

As entranhas da subserviência...

Eu votei neles...
Serginho d'Aurora e Monteiro mineiro não assinaram a petição enviada ao Ministério Público para pôr em pratos limpos a questão do aumento salarial do alcaide e seus aspones.

Sérgio e Monteiro preferiram misturar-se com os porcos e deleitarem-se nos cochos da imundície generalizada.
Sérginho e Mineiro trairam os eleitores que lhes depositaram os votos.

Monteiro tem uma filha pendurada no cabide da prefeitura; Serginho todos conhecem de "quatrocentos miliquinhentos mir" mandatos e não devem mostrar surpresa...

Pode-se qualificar o ato dos dois vereadores de várias maneiras. Aos salesopolenses assistem até a prerrogativa de taxarem-nos de covardes e coniventes a interesses pouco claros.
Mas o que ninguém duvida é que, de momento, nenhum adjetivo que se possa colar na dupla é adequado a representantes de um povo de bem.