...

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Secretário da Saúde de Salé é acusado na polícia...

Maura Santos de Almeida, chefe de seção na Secretaria Municipal de Saúde, dirigiu-se à Delpol de Salesópolis e denunciou o seu chefe, Marcos Marcelino de Campos, por conduta imprópria.

O B.O, de número 390/2017, deu origem ao Termo Circunstanciado 058/2017 que será encaminhado ao Fórum para a apreciação do Ministério Público e manifestação do judiciário.

Segundo Maura, Marcos usou de abuso de autoridade com agressão verbal e constrangimento contra ela, a qual veio a passar mal sendo socorrida ao Posto de Saúde, onde sofreu desmaio e foi medicada na Santa Casa do município.

O entrevero teria acontecido por a servidora denunciante não ter concordado com a tentativa do secretário de manipular o agendamento de tratamentos dentários feito a pacientes. O esquema, se levado a efeito, iria mascarar o atendimento dentário público no municipio, forjando estatística de não haver fila de espera naquele setor específico.

Em suas declarações, o secretário argumentou que Maura faltou com a verdade, que ele não praticou nada do que se relatou e que a culpada de tudo foi a própria funcionária, que teria se negado a participar de um treinamento fora da cidade, sendo que ele pediu ao prefeito a abertura de uma sindicância administrativa.
Disse também que Maura não precisava de atendimento médico algum, e que ele tem nível superior e ela só tem curso médio.
..................
Maura fez carreira profissional na prefeitura, onde entrou por concurso em 2004; Marcos Marcelino fez um "estágio" no tempo do Rafael como Secretário de Assistência Social, depois foi rebaixado a Diretor de Saúde e demitido.
Posteriormente, entrou como Diretor de Saúde em Biritiba Mirim, de onde foi exonerado poucos meses depois da admissão.
As deduções deixo aos leitores.